Home / Destaques / Criança de 2 anos fica com dedo preso em ralo de metal e bombeiros são acionados, em Ouro Preto D’Oeste

Criança de 2 anos fica com dedo preso em ralo de metal e bombeiros são acionados, em Ouro Preto D’Oeste

A retirada do objeto foi realizada no hospital, local para onde a vítima havia sido levada.

Uma criança de 2 anos ficou com um dedo da mão preso em um ralo de metal. Após ter sido levada para o Hospital Municipal, uma equipe do Corpo de Bombeiros teve que ser acionada para retirar o objeto. O fato correu no último sábado (26), na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste.

A guarnição do Corpo de Bombeiros Militar, composta pelos 2° sargento BM Antônio e 2° sargento BM Wirley, ao ser acionada pela equipe médica, através do 193, compareceu rapidamente ao Hospital Municipal Drª Laura Maria Braga, onde se depararam com a criança com o dedo indicador da mão direita preso no ralo, acompanhada da mãe e recebendo atendimento médico.

A realização do procedimento de retirada foi complexa em razão do ralo ser de inox, um material muito resistente e por não ter sido possível a utilização de ferramentas pesadas devido ao risco de ferir ou até mesmo fraturar o dedo da criança. Na ação, os bombeiros utilizaram uma microrretífica e dois alicates.

Após o objeto ter sido retirado com sucesso, a criança, que teve ferimentos no dedo, permaneceu no Hospital Municipal juntamente com a mãe, sob cuidados médicos de toda a equipe de plantão.

No Instagram do Corpo de Bombeiros, a mãe da criança, postou uma mensagem de agradecimento. “Obrigada corpo de bombeiros pelo atendimento, graças a vcs minha pequena já está bem”.

Alerta às famílias

A curiosidade da criança acende um alerta para as famílias que têm crianças em casa, devendo ficar atentos aos ralos, tomadas e também fogões. A orientação é que, caso aconteça algum incidente, ligue para o 193.

About admin

Check Also

Motorista bate em capivara e capota caminhonete na BR-364 em Cacoal

Um acidente impressionante registrado na BR-364, próximo ao IFRO de Cacoal, deixou uma caminhonete totalmente …

Deixe uma resposta

tag: