Home / Destaques / Justiça manda prender suspeito de sacar R$ 4 milhões das contas de pessoas falecidas

Justiça manda prender suspeito de sacar R$ 4 milhões das contas de pessoas falecidas

Operação é feita pela Polícia Civil de Rondônia, mas mandados são cumpridos no Acre. Pedido de prisão preventiva foi autorizado pela polícia de Alta Floresta (RO).

A 2ª Delegacia de Repressão ao Crime Organizado de Cacoal (RO) deflagrou nesta sexta-feira (21) uma nova fase da operação Faces da Liberdade para prender um suspeito de sacar dinheiro das contas de pessoas falecidas. Segundo investigação, os prejuízos causados às vítimas chegam a R$ 4 milhões.

Ao todo, foram cumpridos um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 40 anos e dois mandados de busca e apreensão em Rio Branco (AC). As determinações judiciais foram autorizadas pela Comarca de Alta Floresta D’Oeste (RO).

Segundo a Civil de Rondônia, a Polícia Civil do estado do Acre ajudou no cumprimento dos mandados da Operação Faces da Liberdade OZ.

“A operação visa esclarecer, de forma cabal, as circunstâncias dos crimes de peculato, associação criminosa e falsificação de documento público, praticados na tentativa de subtrair saldo bancário de conta de pessoa falecida”, diz a polícia de Rondônia.

Operação Faces da liberdade cumpre mandados em Rio Branco — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Operação Faces da liberdade cumpre mandados em Rio Branco — Foto: Polícia Civil/Divulgação

O prejuízo para as vítimas chega a aproximadamente R$ 4 milhões.

Faces da Liberdade OZ

O nome da segunda fase da Operação, “Oz”, faz alusão aos caminhos dourados percorridos pela personagem principal do filme “O Mágico de Oz”, chamada “Dorothy”, mesmo nome da pessoa cujo espólio figura como objeto dos crimes em investigação.

Fonte: G1/RO

About admin

Check Also

Motorista foi a óbito, após caminhonete capotar na RO-481, em Nova Brasilândia

A vítima fatal foi identificada como GESSIVALDO SOARES THIMÓTEO, de 28 anos, que morava na …

Deixe uma resposta

Add this code before the tag: