Home / Destaques / Novas imagens mostram jovem momentos antes de ser morta a facadas e enterrada em cova rasa em Ouro Preto

Novas imagens mostram jovem momentos antes de ser morta a facadas e enterrada em cova rasa em Ouro Preto

Uma semana após o assassinato de Laryssa Victória, em Ouro Preto do Oeste (RO), o g1 teve acesso a imagens de câmeras de segurança que mostram o momento em que a adolescente sai de uma conveniência na companhia do principal suspeito do crime: Ronaldo dos Santos Lira.

Em uma imagem, registrada às 00h59 do sábado (19), é possível ver o suspeito conversando com Laryssa no estabelecimento comercial, antes de sair com ela.

Novas imagens mostram jovem momentos antes de ser morta a facadas e enterrada em cova rasa em Ouro Preto

Já por volta das 2h44, um vídeo mostra Laryssa caminhando pela avenida Daniel Comboni, juntamente com Ronaldo e outra pessoa que não teve a identidade revelada pela polícia. Em determinado momento, a pessoa se separa deles e o suspeito segue o caminho sozinho com a vítima.

O comportamento de Laryssa no vídeo divulgado neste sábado (26) é bem diferente de outras imagens que o g1 teve acesso no início da semana — onde ela aparece cambaleando e quase caindo, sendo puxada pelo suspeito por ruas do bairro Colina Park. Uma das linhas de investigação tenta descobrir se a adolescente foi drogada.

Os vídeos têm aproximadamente 1h30 de intervalo entre o outro. Segundo a Polícia Civil, um exame toxicológico é que deve informar se ela foi drogada. O g1 tenta localizar a defesa do suspeito.

Entenda o caso

Ronaldo foi preso em flagrante na noite de domingo (20) após a Polícia Civil encontrar um corpo enterrado na casa onde ele mora, no bairro Colina Park, em Ouro Preto do Oeste.

Investigações feitas pela delegacia da cidade apontaram que o corpo é de Laryssa Victoria, a adolescente de 17 anos que sumiu na sexta-feira (18) após sair com amigas.

A suspeita é que Ronaldo matou a vítima usando um objeto perfurocortante e depois a enterrou na cova. Ao g1, o delegado Niki Locatelli afirma ter encontrado possíveis vestígios de alterações na cena do crime.

Dois dias desaparecida

Laryssa saiu de casa na noite da sexta-feira (18) para se encontrar com amigas em um estabelecimento de Ouro Preto, mas não voltou para casa. O pai da adolescente relata que procurou ela durante a madrugada e também no dia seguinte, mas não encontrou.

A polícia começou a investigar o desaparecimento e encontrou imagens de câmeras de segurança mostrando a jovem na companhia de um homem, de 36 anos, identificado como Ronaldo dos Santos Lira.

Ao redor da casa do suspeito não há muros. Os investigadores, em visita ao local notaram que parte da terra do quintal estava mexida e do lado de fora da casa havia um colchão queimado.

“Essa terra fofa, mexida recentemente, chamou a atenção dos investigadores, onde suspeitaram que no local poderia estar o corpo da adolescente. Diante dessa suspeita, dei a ordem para entrar e escavar a terra mexida. A gente localizou o corpo ali”, relatou o delegado.

No domingo (20) o suspeito foi preso em flagrante. Ronaldo é conhecido no meio político da região e chegou a ser candidato a vereador em 2016.

O pai da vítima revelou que o suspeito tinha proximidade com sua ex-mulher, mãe de Laryssa. Eles já chegaram a trabalhar juntos e o suspeito frequentou a casa dela algumas vezes.

“Ela [a Laryssa] já conhecia ele. Ele aproveitou dessa situação, já que tinha amizade, ela já tinha certa confiança nele por ser amigo da mãe dela, pra poder levar ela”, aponta.

Fonte: G1 RO 

About admin

Check Also

Acusado de matar acadêmica de medicina veterinária de Rolim de Moura é condenado a mais de 18 anos de prisão

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Rolim de Moura condenou …

Deixe uma resposta

tag: