Home / Destaques / Preso mais um suspeito de participação em assassinatos de policiais

Preso mais um suspeito de participação em assassinatos de policiais

O foragido Rogério José da Silva, 24 anos, acusado de participação nas mortes do tenente José Figueiredo Sobrinho e do sargento Márcio Rodrigues da Silva, foi preso pela Polícia Militar na noite da última quarta-feira (14), no município de Ariquemes. Os crimes aconteceram no dia 3 deste mês. No mesmo dia, outros seis militares sofreram tentativas de homicídio em uma emboscada.

Os policiais militares receberam uma denúncia anônima informando que o foragido apontado como um dos participantes dos crimes estaria escondido em uma residência, localizada na Rua Curió, no Setor 09 do município.

No local, um morador da casa autorizou a entrada dos policiais, que localizaram Rogério. Ele confessou que esteve em Nova-Mutum na companhia de um homem identificado como Aloncio, que também está sendo procurado pela Polícia.

Ele recebeu voz de prisão, e foi encaminhado para a delegacia da cidade. Nesta manhã, policiais civis transferiram o criminoso para o presídio estadual de Porto Velho, onde ficou à disposição da justiça.

Investigação

No último sábado (10) a Polícia Civil deflagrou a Operação Ordo com o objetivo de cumprir 17 mandados de prisão preventiva. No total, quatro acusados de terem participação nas mortes e tentativas de homicídios já estão atrás das grades.

Outros 13 continuam sendo procurados pela Polícia. Entre os foragidos está Gedeon José Duque que é considerado de alta periculosidade e era o chefe da organização criminosa que armou uma emboscada para os policiais.

Qualquer informação sobre o paradeiro dos criminosos pode ser repassada através do 197 da Polícia Civil ou 190 da Polícia Militar. Não precisa se identificar.

 

 

 

 

Fonte: Rondoniagora

About admin

Check Also

Bolsonaro sanciona mudanças no Código de Trânsito; veja o que muda

Diversas mudanças na lei de trânsito foram sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro. Dentre as alterações estão …

Deixe uma resposta

Add this code before the tag: